Home / Notícias / Cultura / A CENA TÁ PRETA: Festival visibiliza artes negras

A CENA TÁ PRETA: Festival visibiliza artes negras

Tudo pronto para a 8ª edição do Festival “A Cena Tá Preta”, que será realizado entre os dias 13 e 22 de outubro, no Teatro Vila Velha. Com enfoque nas mulheres e nas diversidades de gênero e sexualidades, o evento tem por objetivo fomentar e fortalecer a arte preta.

Vai ter o humor crítico de Érico Brás e Kênia Maria no stand up Double Black. Foto: Jamile Coelho

Com ingressos a preços populares (R$20 e R$10), a iniciativa do Bando de Teatro Olodum, em parceria com o Teatro Vila Velha,  leva à cena baiana uma programação, com mais de 20 atrações nacionais, entre shows musicais, peças teatrais, filmes, lançamentos literários, leituras dramáticas, palestras, oficinas artísticas, performances e dança – com a curadoria do coreógrafo Zebrinha, do diretor musical Jarbas Bittencourt, do ator Lázaro Ramos e da escritora Ana Maria Gonçalves, autora do romance histórico Um Defeito de Cor.

Para Jorge Washington, ator do Bando, “o Festival vem na direção do que está acontecendo no País hoje, as mulheres estão dominando todas as áreas e na arte não é diferente, comenta Jorge.

Na sexta-feira, 13, o Festival ‘A Cena Tá Preta” começa na sala principal do teatro, às 20h, com a participação da jornalista e youtuber Maíra Azevedo – que traz no seu canal as vivências do racismo e da negritude de forma muito descontraída e cativante. O talk show ‘De Cara com Tia Má’, criado especialmente para o Festival, floresce o primeiro dia de evento abordando as questões afetivas e políticas das mulheres negras com bom humor.

Larissa Luz que está em turnê do seu segundo disco de carreira , apresenta dia 15/10 uma recriação do espetáculo homônimo no formato monólogo musical. Foto: Juan Rodrigues

ÁFRICAS

Uma das peças que integram a programação é “Áfricas”, primeira peça infanto-juvenil do Bando. “O espetáculo Áfricas contempla desde um bebê pequeno à uma pessoa com mais de 100 anos, por que é um espetáculo que fala do continente africano de uma forma colorida e lúdica, são contos e lendas africanos. O espetáculo foi pensado para pagar uma dívida que o Bando tinha com as crianças que sempre povoaram nossas plateias. Com o olhar feminino de Chica Carelli, tivemos um aprendizado mútuo na produção, que resultou em um espetáculo belíssimo”, destaca Jorge Washington sobre a peça, que será apresentada nos dias 15 e 22 de outubro, às 11 horas, na sala principal.

OFICINAS

As oficinas serão gratuitas e diversificadas: Desde a ensinar como arrasar na dança em cima do salto, com a bailarina e coreógrafa Arielle Macedo na oficina ‘Heels Class’, até estratégias criativas para o YouTube, com Murilo Araújo, do canal Muro Pequeno. As inscrições já podem ser feitas no https://goo.gl/A7SRsN.

DESAFIOS

O evento, que já teve edições onde o suporte financeiro foi feito apenas pelos aliados do Bando de Teatro Olodum, permanece firme, trazendo uma diversidade de linguagens necessária para a Bahia,

Nessa edição, o projeto foi contemplado com o edital do Programa Caixa de Apoio a Festivais de Teatro e Dança – 2017, mas ainda conta com a parceria dos artistas que acreditam no Projeto. Em alguns anos, o suporte financeiro foi feito apenas pelos aliados do Bando de Teatro Olodum. Com isso, correntistas da Caixa Econômica Federal pagam o valor da meia entrada em todos os espetáculos pagos.

Outro sucesso do YouTube que integrará o Festival é o ator Sulivã Bispo do popular ‘Frases de Mainha’, que apresentará o elogiado monólogo ‘Kaiala’ (20/10, 20h). Foto: Andréa Magnoni

O Festival A Cena Tá Preta cumpre um importante papel de fazer a arte preta ser vista e valorizada, ao reunir em Salvador expressões das artes negras.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Dia 13/10 // sexta-feira // 20h

Stand Up De cara com a Tia Má, com Maíra Azevedo

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 14/10 // sábado // 9h às 12h

Oficina A Cena Sonora, com Jarbas Bittencourt

Gratuita / com inscrição prévia

Dia 14/10 // sábado // 9h às 12h

Oficina O ator total: o corpo ancestral, com o ator e diretor Samuel Santos

Gratuita / com inscrição prévia

Dia 14/10 // sábado // 20h

Teatro Mundaréu, solo de Thiago Romero

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 15/10 // domingo // 11h

Teatro Áfricas, espetáculo infantil do Bando de Teatro Olodum

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 15/10 // domingo // 19h

Música Território Conquistado, show de Larissa Luz

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 16/10 // segunda-feira // 9h

Palestra O Negro no Audiovisual, com os cineastas Thamires Vieira e Antônio Olavo

Gratuita

Dia 16/10 // segunda-feira // 19h

Cinema Exibição do filme Travessias Negras, de Antonio Olavo (2017)/Gratuita

Dia 17/10 // terça-feira // 19h

Leitura dramática do texto Libertè, de Elísio Lopes Jr., com Valdinéia Soriano e Lúcio Tranchesi, direção de

Ridson Reis/Gratuita

Dia 18/10 // quarta-feira // 9h às 12h

Oficina Heels Class, com a bailarina e coreógrafa Arielle Macedo (Anitta e Mister Brau

Gratuita / com inscrição prévia

Dia 18/10 // quarta-feira // 19h

Performance Mulheres do Àse – Uma performance ritual, roteiro e direção de Edileusa Santos; com Fátima

Carvalho, Sueli Ramos, Tânia Bispo e Sandra Santana

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 19/10 // quinta-feira // 19h

Performance O corpo na cena, com curadoria e direção geral do coreógrafo Zebrinha

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 20/10 // sexta-feira // 20h

Teatro Kaiala, monólogo de Sulivã Bispo

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 21 // sábado // 9h às 12h

Oficina Estratégias Criativas para YouTube, com Murilo Araújo (Muro Pequeno)

Gratuita / com inscrição prévia

Dia 21/10 // sábado // 16h

Leitura dramática da peça Gusmão, o coelho que queria mais, de Lázaro Ramos, com elenco do Bando de

Teatro Olodum e direção de Elísio Lopes Jr./Gratuita

Dia 21/10 // sábado // 20h

Teatro Double Black – Stand Up com Érico Brás e Kenia Maria

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 22/10 // domingo // 11h

Teatro Áfricas, espetáculo infantil do Bando de Teatro Olodum

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Dia 22/10 // domingo // 12h

Leitura Lançamento do livro Calu, a menina cheia de histórias, de Cássia Vale e Luciana Palmeira (Editora Malê)

Valor do Livro R$30,00

Dia 22/10 // domingo // 19h

Música Luedji Luna no show Cais e Sais

R$ 20 e R$ 10 (meia)

Beatriz Almeida é repórter do Portal Correio Nagô.

Paulo Rogerio

x

Check Also

Elza Soares lança clipe incrível de “A Carne” para o Dia da Consciência Negra

Papel Pop Hoje, dia 20 de ...