Home / Agência Áfricas / Mato Grosso do Sul terá delegacia especializada em crimes raciais e de intolerância religiosa

Mato Grosso do Sul terá delegacia especializada em crimes raciais e de intolerância religiosa




A Vice-Governadora do Estado de Mato Grosso do Sul, Rose Modesto, e o Delegado Geral da Polícia Civil do MS, Marcelo Várias Lopes, receberam nesta terça-feira (14/03), o Secretário Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo, para a assinatura de protocolo de intenções. O documento estabelece a criação da primeira Delegacia Especializada em Crimes de Racismo, Discriminação Racial e Intolerância Religiosa do Estado.

O termo prevê a criação de uma unidade especializada, oferecendo à população sul-mato-grossense serviços referentes ao registro, investigação, abertura de inquéritos e encaminhamento de procedimentos policiais ligados a casos de intolerância e discriminação.

Conforme ressaltou o Secretário Juvenal, “a SEPPIR, em seu processo de reafirmar as políticas de igualdade, vem trabalhando em conjunto com os governos estaduais para a criação das delegacias, oferecendo insumos e treinamentos aos policiais, além de intermediar o registro de ocorrências realizadas através do Disque 100”.

Leia também:   Desigualdade racial ainda é evidente no mercado de trabalho

Cartilha “Racismo é Crime – Denuncie”

Neste contexto de combate aos crimes raciais, a SEPPIR lançou a cartilha “Racismo é Crime. Denuncie!” no ano passado. O livreto informa a diferença entre as práticas de racismo e injúria racial, além de explicar como reagir e quais providências tomar caso seja uma vítima. Acesse o documento clique

x

Check Also

Na véspera do Dia da Consciência Negra, atores falam do preconceito vivido por eles dentro e fora da ficção

  Jornal Extra | Marcelle Carvalho ...